Cutrale cultivará laranja no semiárido brasileiro

19/09/2011
Ampliação do sistema de irrigação da área será feito em parceria com o governo federal

por Globo Rural On-line

A Cutrale, uma das maiores empresas de suco de laranja do mundo, vai definir até março de 2012 o volume de recursos necessários para iniciar o cultivo e o processamento de laranja na região do semiárido brasileiro.

O investimento partiu de um projeto do Ministério da Integração Nacional apresentado pessoalmente à direção da empresa em março deste ano, que concluiu pela viabilidade após análise técnica.

Segundo o diretor-corporativo da empresa, Carlos Viacava, a etapa agora é analisar os investimentos e fazer um convite a outros produtores de laranja para cultivar a fruta na região.

Os pomares no semiárido ficarão nas regiões de irrigação entre Petrolina, em Pernambuco, e Juazeiro, na Bahia. Nelas, a Cutrale poderá ampliar o sistema de irrigação por meio de PPP (parceria público-privada) com o governo federal.

Para isso, o ministro Fernando Bezerra Coelho prevê lançar ainda neste mês um programa de irrigação que deverá alcançar R$ 5 bilhões em investimentos no setor, por meio de PPPs.

Viacava afirmou que o projeto tem grandes dimensões e que vai atender, principalmente, ao mercado externo, com exportações pelos portos de Recife e de Suape, em Pernambuco.

O diretor-corporativo da empresa afirmou ainda que o governo deverá ceder terras para o cultivo de laranja aos produtores interessados. "Eles querem desenvolver a região e a irrigação", disse.

No entanto, Viacava afirmou que o investimento vai observar o crescimento mundial do consumo de laranja, que está em queda. "O mercado não está crescendo muito. Portanto, vamos adequar os investimentos à realidade."

Com o cultivo de laranja no semiárido, a empresa também espera reduzir a incidência de doenças nas frutas.