- Domingo 24 de Outubro de 2021
  acesse abaixo +
   Notícias +


O PREÇO DA LARANJA II

29/06/2009

Por: Flávio Viegas

 

Preço da laranja “no portão” continua a R$3,50/cx e não há notícias de renovação ou novos contratos, o custo de produção supera R$15,00.

Bebedouro registrou, no período de janeiro a maio de 2009, segundo o CAGED, a perda de 6721 postos de trabalho sendo 6395, que corresponde a 95%, no setor agropecuário!

A Associtrus está organizando uma série de ações para demonstrar a indignação dos produtores diante da atuação das indústrias que vêm expulsando do setor os pequenos e médios produtores e provocando um enorme dano social aos municípios citrícolas, que se destacavam pela sua alta renda per capita e pelo seu índice de desenvolvimento humano.

A perda de renda dos produtores, que constituem a base da economia dos municípios citrícolas, tem reflexos em todas as atividades econômicas como: o comércio, a educação, a saúde, a demanda por serviços profissionais de advogados, engenheiros, e outros profissionais liberais, provocando uma enorme crise que não se limita ao setor agrícola. Desta forma, é preciso que todas as entidades de classe se unam aos produtores para buscar apoios para a solução do problema.

No dia 7 de julho, haverá na Câmara Federal, em Brasília, uma audiência pública para discutir o problema da citricultura brasileira; em data a ser fixada, deverá ocorrer uma nova audiência pública, também em Brasília, agora no Senado e com a presença das autoridades responsáveis pela defesa da concorrência, para discutir o andamento das investigações do cartel dos processadores de citros. As audiências públicas têm o objetivo de divulgar para as autoridades e para a mídia os problemas enfrentados pelo setor e  buscar apoio para o setor. Esses movimentos só terão resultado se contarmos com o apoio maciço de todos os setores que estão sendo afetados pela crise provocada pela concentração e verticalização das esmagadoras de citros e de citricultores.

É preciso que os citricultores, os trabalhadores, os prefeitos, vereadores, deputados, os representantes das associações de classe participem dessas audiências, para que fique demonstrado que as mudanças que as indústrias querem produzir no setor são desnecessárias e socialmente insustentáveis e são decorrência da cartelização do setor, que objetiva controlar e assim restringir a oferta de matéria-prima e aumentar o preço do produto final, prejudicando os citricultores e os consumidores.

Queremos relembrar que o preço da laranja é apenas um dos problemas que enfrentamos, a nossa sobrevivência depende de um posicionamento firme e ativo a que os agricultores não estão habituados.

Precisamos sempre lembrar que na vida temos aquilo que conquistamos e não aquilo que merecemos!

 

 Fonte:  JORNAL IMPACTO - BEBEDOURO/SP

            



[+] Mais Destaques

<<Voltar << Anterior


Indique esta notícia
Seu nome:
Seu e-mail:
Nome Amigo:
E-mail Amigo:
 
  publicidade +
 

Associtrus - Todos os direitos reservados ©2021

Desenvolvido pela Williarts Internet
Acessos do dia: 42
Total: 3.519.783
supertotobet bahissenin bahissenin
1xbet 1xbet bahisno1 bahsegel canli casino ecopayz kacak iddaa canli bahis iddaa marsbahis marsbahis marsbahis marsbahis marsbahis marsbahis marsbahis marsbahis marsbahis marsbahis marsbahis marsbahis restbet canli skor superbahis mobilbahis
bahigo bahis siteleri guvenilir bahis siteleri kacak bahis siteleri betist 1xbet asyabahis betebet betgaranti betlike betvole ligobet pinbahis polobet verabet
bahissenin tipobet betmatik
perabet makrobet
onwin