- Domingo 24 de Outubro de 2021
  acesse abaixo +
   Notícias +


Citricultura desesperada

03/08/2009

Por: Fl?vio Viegas

Enquanto o citricultor desesperado v? sua safra apodrecer no p?, a ind?stria festeja novos investimentos em navios e em terminais portu?rios na Fl?rida, para exportar suco norte-americano para os mercados que o Brasil conquistou. A ind?stria de suco, entre outros investimentos, acaba de contratar na Cro?cia um navio para transportar 32 milh?es de litros de suco e investe US$30 milh?es em um novo terminal na Fl?rida, assegurando ao citricultor daquele estado americano que o terminal ser? usado para exporta??o de suco produzido nos EUA e n?o para importa??o de suco do Brasil.

A falta de compromisso com a coer?ncia e com a verdade ? o tra?o mais marcante dessa ind?stria. Gera desemprego e desespero, ao fechar f?bricas alegando falta de mat?ria- prima e ao deixar produtores sem contrato e fruta sem compra com o argumento oposto, excesso de laranja!

A nova entidade representante da ind?stria, que, at? agora, mudou apenas de nome, pois o discurso continua o mesmo, tenta fazer crer que o suco de laranja,controlado por um cartel de quatro empresas que det?m mais de 80% do mercado, tem seu pre?o determinado exclusivamente pela oferta e demanda. O valor do suco na bolsa de NY ? t?o pouco representativo, que o produtor da Fl?rida recebeu, pela fruta entregue na porta da f?brica, US$ 7,40/cx, valor mais de 15% acima do valor da cota??o do suco na bolsa. A mat?ria-prima valendo mais do que o produto final!

Para comprovar a pouca representatividade da bolsa na forma??o do pre?o do suco ? importante verificar que, enquanto na bolsa de soja o volume transacionado ? muit?ssimas vezes superior ao volume produzido, na bolsa de suco o volume transacionado ? uma fra??o insignificante do volume produzido.

A ind?stria alega, falseando a verdade, que os produtores sem contrato s?o aqueles que optaram por operar no mercado ?spot? e que o setor se caracteriza por uma feroz concorr?ncia.

A forma de atua??o no mercado de compra de fruta mostra claramente que as empresas continuam atuando de forma uniforme e sincronizada no mercado, n?o disputando mat?ria-prima e dividindo os produtores entre si, pois o acordo firmado entre elas ? o de manuten??o da participa??o de cada empresa no mercado.

Os dados da SECEX e do USDA n?o d?o suporte ?s informa?es de queda de demanda e aumento de estoques que justifiquem a atua??o das f?bricas de suco. Ap?s mais de uma d?cada de crescimento das exporta?es, h? uma estabiliza??o do volume exportado pelo Brasil e, em conseq??ncia da queda da produ??o, os estoques de passagem ca?ram para um patamar equivalente a 15 dias de exporta??o. O mercado europeu, maior mercado brasileiro, continua a crescer, compensando a queda em outros mercados.

Outro fator muito importante ? o crescimento das exporta?es do suco NFC, que embora seja registrado por cerca de US$ 300/t tem sido comercializado na faixa entre US$500 e US$ 800, o que representa um grande aumento de faturamento n?o contabilizado e n?o compartilhado pelos produtores. Assim, o patrim?nio do produtor vem sendo transferido para a ind?stria, empregos e economia de importantes regi?es est?o sendo destru?dos diante de autoridades autistas.

Foi assim que os citricultores festejaram, o Dia do Agricultor.

Cr?dito: JORNAL IMPACTO



[+] Mais Destaques

<<Voltar << Anterior


Indique esta notícia
Seu nome:
Seu e-mail:
Nome Amigo:
E-mail Amigo:
 
  publicidade +
 

Associtrus - Todos os direitos reservados ©2021

Desenvolvido pela Williarts Internet
Acessos do dia: 39
Total: 3.519.780
supertotobet bahissenin bahissenin
1xbet 1xbet bahisno1 bahsegel canli casino ecopayz kacak iddaa canli bahis iddaa marsbahis marsbahis marsbahis marsbahis marsbahis marsbahis marsbahis marsbahis marsbahis marsbahis marsbahis marsbahis restbet canli skor superbahis mobilbahis
bahigo bahis siteleri guvenilir bahis siteleri kacak bahis siteleri betist 1xbet asyabahis betebet betgaranti betlike betvole ligobet pinbahis polobet verabet
bahissenin tipobet betmatik
perabet makrobet
onwin