- Sexta-Feira 14 de Agosto de 2020
  acesse abaixo +
   Notícias +


Associtrus promove palestra sobre mercados futuros agropecurios.

17/04/2007
A economista e doutora em agroneg?cios, Maria Fl?via Tavares, esclarece os produtores sobre opera?es na Bolsa de Valores Proferida pela economista e doutora em Agroneg?cios pela UFRGS, Maria Fl?via Tavares, a palestra ?Mercados Futuros Agropecu?rios ? Negocia??o via webtrading? atendeu os anseios dos produtores interessados em se informar sobre a atual realidade do mercado financeiro e as possibilidades que a Bolsa de Valores oferece para prote??o de sua renda. ?O mercado de Bolsa ainda ? pequeno no Brasil, mas, se pudermos aprender seu funcionamento, com certeza, teremos mais op?es de investimentos e atuaremos de maneira efetiva na comercializa??o dos nossos produtos. Permanecer? no mercado quem se interessar pela comercializa??o como um todo?, observa o consultor Leandro Jacon Batistela, de Boa Esperan?a. Explica?es referentes ? Bolsa de Valores, mercados futuros, derivativos, hedgers de venda e de compra, contratos, webtradings, commodities, entre outros, constaram da palestra de Maria Fl?via, que ? consultora da Dibran, corretora ligada ? BM&F. A Bolsa de Valores ? garantia de pre?o para o produtor. ?Infelizmente, a Bolsa de Nova York, no caso do suco de laranja, n?o segue os fundamentos do mercado, prova disso ? que, apesar do USDA ter feito um corte na safra de laranja da Fl?rida, os pre?os ca?ram, os seja, reagiram contrariamente ao esperado. Isso ocorre porque h? muita especula??o em cima de manipula??o de pre?o?, explica Maria Fl?via. A carteliza??o do setor de suco concentrado impede que a Bolsa de Nova York opere de forma saud?vel e dificulta a implanta??o da commodity no Brasil. ?As ind?strias controlam toda a cadeia, da produ??o ao produto final. A introdu??o do suco de laranja em bolsas brasileiras permitiria a abertura do capital para bancos, propriet?rios de outras commodities, capital estrangeiro etc., o que poderia melhorar significativamente as condi?es de negocia??o e, conseq?entemente, os pre?os?, diz Maria Fl?via. ?Se tiv?ssemos a Bolsa funcionando de uma maneira saud?vel poder?amos vender laranja a US$ 15 a caixa, mas, como o mercado ? extremamente manipulado pelas ind?strias, nem a bolsa, que teoricamente seria um local onde o pre?o ganha voz a partir da oferta e da demanda do mercado, consegue atuar adequadamente?, lamenta o presidente da Associtrus, Fl?vio Viegas. O Mercado Futuro serve como instrumento para gest?o de risco e pre?o. ?Quando o produtor quer operar na bolsa, precisa depositar uma margem de garantia que permite que a BM&F garanta a ele o pre?o do produto, independentemente do que ocorra no mercado. Para investir no Mercado Futuro, o produtor deve procurar uma corretora, escolher a commodity em que vai atuar e ter disposi??o para estar sempre bem informado sobre o mercado?, observa Maria Fl?via. A palestra atendeu aos objetivos da Associtrus, ao abrir os horizontes do produtor e despertar o interesse dele pelo mercado financeiro. ?O produtor precisa entender que h? muita coisa al?m da porteira. A partir desta palestra, percebemos que um mercado saud?vel permite que se realizem opera?es em Mercado Futuro, que propicia prote??o contra varia?es desfavor?veis e assegura um determinado pre?o no momento da colheita?, observa Viegas. Avalia?es - A diretora da Associtrus, Lenita Arruda Boechat, ressalta a import?ncia da entidade levar a informa??o para o produtor. ?Sem informa??o de custo e de valor final do produto, o citricultor n?o tem for?a nenhuma na negocia??o da sua produ??o, da? a import?ncia dele participar e se interessar por quest?es como mercado futuro, bolsa de valores, entre outras?. O consultor Alexandre de Moraes dos Santos, de Ibitinga, lembra a necessidade do produtor se interessar pelas quest?es do mercado em geral. ?Na hora de vender a laranja, o produtor tem dificuldade por n?o estar informado sobre o mercado. A Associtrus tem facilitado bastante a vida dos seus associados quanto a esta quest?o, j? que proporciona acesso a palestras como esta?. O vice-presidente do Conselho Deliberativo, Carlos Alberto Boteon, destaca a busca por novas op?es de investimento. ?A palestra foi excelente, porque pudemos constatar que, infelizmente, as ind?strias s?o capazes de manipular at? a Bolsa de Valores de Nova York. Precisamos estar sempre alertas e dispostos a buscar novas alternativas para assegurar nossa renda?. ASSOCITRUS

<<Voltar << Anterior


Indique esta notícia
Seu nome:
Seu e-mail:
Nome Amigo:
E-mail Amigo:
 
  publicidade +
 

Associtrus - Todos os direitos reservados ©2020

Desenvolvido pela Williarts Internet
Acessos do dia: 58
Total: 2.247.568
Balikesir escort Manisa escort Aydin escort Mugla escort Giresun escort Kahramanmaras escort Yozgat escort Tekirdag escort Isparta escort izmir escort inegol escort Soma escort Igdir mutlu son